Voltar ao site

Dicas para retomar o crescimento de sua empresa pós-crise

A lentos passos o mundo vem retomando sua economia e novas medidas governamentais vêm sendo implementadas, visando suprir as demandas básicas das pessoas físicas e jurídicas.

Se você é empresário ou gestor, nesse momento é primordial manejar a situação de forma estratégica, para que possa retomar a economia e ver os números voltarem a subir.

Para ajudá-lo a enfrentar esse período com mais assertividade e vislumbrar melhores resultados, preparamos algumas dicas. Confira:

É hora de testar o público!

No cenário de crise, em relação à economia, temos basicamente dois segmentos de consumidores:

Os que tiveram sua renda interrompida, como é o caso de certos profissionais autônomos, alguns comerciantes ou até mesmo aqueles que trabalhavam formalmente, mas que foram desligados devido à contenção de gastos nas empresas, e do outro lado, temos a parcela que continuou trabalhando e, portanto, tendo renda, mas que não tinham onde canalizar seu dinheiro, pois o comércio e muitos serviços ficaram por algum tempo sem operacionalizar, ao menos presencialmente.

Nesse sentido, é hora das empresas testarem e sentirem o tato mercadológico. Dessa forma, seja qual forem as estratégias adotadas, o momento requer parcimônia e não estratégias mirabolantes, com gigantescos investimentos, uma vez que é preciso ter tato para compreender sentir esse novo terreno.

Aposte na inovação

O mercado está saturado de empresas com soluções tradicionais. Para conquistar e fidelizar uma nova parcela de consumidor, agora é a hora de investir em inovação.

Pesquise sobre seu mercado, acompanhe as estratégias de empresas que são referência no nicho que você explora. Com base nisso, você pode traçar novos rumos para o seu negócio.

Muitas vezes não é necessário fazer grandes investimentos para inovar. Talvez uma nova forma de comunicação, novo design, reformulação de produtos com uma pegada orgânica, as opções são infinitas. Mostre ao seu consumidor final o que você pode oferecer de diferente do mercado tradicional e por que ele deve gastar sua renda no seu negócio.

Mais do que nunca, agora é hora de oferecer soluções.

Atendimentos à distância após a pandemia

Para não parar de operar, muitas empresas passaram a aderir a modalidade de vendas e atendimentos à distância, na maioria das vezes pela internet ou aplicativo.

Muitos gestores que conseguiram se adaptar relatam extremo sucesso no ambiente virtual.

Se veio dando tão certo, por que não continuar com operações à distância mesmo quando o distanciamento social não for mais obrigatório?

Aderir a uma proposta de atendimento misto, ou seja, presencial e virtual pode potencializar seus resultados, pois nesses casos, os limites geográficos e temporais podem ser superados.

Isso irá representar um potencial maior de vendas e, consequentemente, de lucros para o seu negócio.

Separamos este artigo muito importante para você:

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK